Portal no Facebook Portal no Twitter Portal no YouTube Blog do Portal Portal nas Redes Sociais

Portal Terceira Idade
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Notícias do Cidadão
Notícias

Anteriores

08/05/2014: Dia das Mães - Atitude
Todos nós podemos ser “mães”!
Atitude de jovem que largou a faculdade e emprego para dedicar-se em tempo integral à sua avó, 79, diagnosticada com Alzheimer, comove mais de 1,6 milhão de pessoas
Por: Tony Bernstein
Coordenadora Geral do Portal Terceira Idade, Pedagoga e Jornalista
Fale com o colunistaFale com o colunista
Fale com o colunista

Clique no centro da imagem para iniciar o vídeo

Vídeo mostra o neto de Vovó Nilva, Fernando, dando boas-vindas
aos visitantes de sua página no Facebook (1 min)

essa época de homenagem às mães, achei interessante destacar uma matéria publicada recentemente em vários jornais. Talvez muitos já tenham visto, porém o que mais me encantou foi o fato de que todos nós – pais, mães, avós, netos, filhos, amigos ou irmãos – podemos ser uma mãe!

Em janeiro de 2013, Fernando Aguzzoli, um jovem de Porto Alegre (RS), na época, com 21 anos, decidiu largar a faculdade de filosofia e o emprego para passar 24 horas ao lado da avó, diagnosticada com Alzheimer cinco anos antes. Aos 79 anos, Nilva Aguzzoli, ou a Vovó Nilva, como ficou conhecida nas redes sociais, passou a ter o neto como cuidador em tempo integral.

“Desde o início da doença, eu e meus pais sempre cuidamos, mas, em 2013, quando percebi que ela estava chegando a um estágio mais avançado da doença, pensei que, em breve, ela poderia nem nos reconhecer mais, e decidi que queria ficar direto com ela”, conta Fernando.

E foi com bom humor que Fernando enfrentou os desafios diários. “Quando ela teve de usar fralda pela primeira vez, ficou incomodada. Então, eu coloquei uma fralda em mim e rimos juntos”, conta.

Posturas como a de Fernando podem até ajudar a adiar a evolução da doença, segundo Cícero Gallo Coimbra, professor de Neurologia e Neurociências da Unifesp. “Na maioria dos casos, a atitude da família é cobrar e repreender o parente nos episódios de esquecimento. Essa cobrança leva ao pânico e ao estresse, que bloqueiam a produção de novos neurônios e pioram um quadro de demência. A maioria das famílias deixa o parente com Alzheimer no ostracismo, e o que ele mais precisa é de acolhimento afetivo”, explica o especialista.

foto notíciasE essa foi a linda atitude que Fernando tomou. “Quando eu e minha mãe decidimos levar a vó para realizar o sonho dela, que era conhecer as Cataratas do Iguaçu, muitos perguntavam por que íamos gastar dinheiro com a viagem se, dez minutos depois, ela não se lembraria do passeio. Mas, para nós, não importava se ela lembraria, importava a felicidade que ela teria naquele momento”, enfatizou.




História comove mais de 1,6 milhão de pessoas

A história do neto que virou ‘pai’ da avó com Alzheimer comoveu muitas pessoas. Menos de 24 horas após ser publicada na internet, a reportagem foi curtida por quase 50 mil internautas, recebeu cerca de dois mil comentários elogiando a atitude e foi recebida por mais de 1,6 milhão de pessoas só no Facebook.

Vovó Nilva acabou morrendo em dezembro, por complicações de uma infecção urinária. Apesar da frustração, Fernando decidiu manter a página na internet (veja link da página abaixo), que hoje já tem 15 mil seguidores. “Mantive por consideração às pessoas que me deram apoio, pela escassez de informações sobre a doença e, principalmente, porque é uma forma de deixar a minha avó viva”, finaliza.

Fernando agiu como uma mãe: teve um amor incondicional para com sua avó!

Feliz Dia das Mães para todos e todas as mães do mundo!

Fotos/vídeo: Acervo pessoal / divulgação
Mais sobre o assunto, na internet
Facebook: Vovó Nilva
Página de Nilva Aguzzoli, 79

A avó, que ficou conhecida no Facebook como Vovó Nilva, passou a ter o neto como cuidador em tempo integral
https://www.facebook.com/vovonilva
Mais sobre o assunto, no Portal Terceira Idade
Notícias > Anteriores > Dia das Mães - Homenagem
Todo dia é dia das mães!
Contadora de histórias presenteia as mães do Portal com o conto “Minha Vida Querida”, uma lenda comovente sobre o amor incondicional de uma mãe por sua filha
Notícias > Anteriores > Solidariedade - Atitude (15/11/2011; vídeo disponível)
O pequeno anjo da Colômbia
Com apenas 9 anos, sem recursos e por conta própria, Alveiro Vargas organizou seus amigos, também crianças, para levar cuidados, amor e carinho aos idosos da favela onde morava
Notícias > Anteriores > Cidadania - Entrevista (20/02/2013; áudio disponível)
Rádio Capital 1040 AM entrevista o Portal Terceira Idade
No programa “A Cara do Povo”, Anísia Spezia, uma das coordenadoras do Portal, falou sobre as campanhas de cidadania do site, entre elas, a de Cuidadores Voluntários

Outras Notícias

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
em parceria com os Telecentros e a Prefeitura do Município de São Paulo
©Todos os direitos reservados - 2005/2006
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Kuantika Multimídia