Portal no Facebook Portal no Twitter Portal no YouTube Blog do Portal Portal nas Redes Sociais

Portal Terceira Idade
Notícias do Cidadão Notícias do Cidadão Espaço Livre Espaço Livre Shows e Eventos Shows e Eventos Cursos e Atividades Cursos e Atividades Parcerias Parcerias Direitos 3a.Idade Direitos 3a.Idade

Diálogo Aberto

Enquete "Você acha
que...?"
Enquete
Cadastre-se Cadastre-se
no Portal
3a.Idade!
Busca Procurando
algo no site?
Busca
Pesquisa Links para
Pesquisa
Mural de Trocas Anuncie
seu produto!
Mural
de Trocas
Fale Conosco Dúvidas?
Sugestões?
Críticas?

Fale
Conosco
Dicas de Internet "Download"?
"Browser"?
Dicas
de Internet

Colméias da 3a.Idade
Colméias da 3a.Idade
Escolha o seu assunto e participe de nossas salas de chat temáticas

Notícias do Cidadão
Notícias

Alzheimer - Medicamento inovador
Medicamento para Alzheimer em forma de adesivo passa a ser oferecido pelo SUS
O adesivo leva o medicamento direto à corrente sanguínea, sem passar pelo sistema digestivo, diminuindo efeitos colaterais como náuseas, vômitos e perda de apetite. A incorporação do adesivo ao SUS foi publicada no Diário Oficial da União no dia 22/09
Por: Caroline Fernandes Mussato
Jornalista, formada pela Unimar e autora do livro ‘Vivendo’, é colunista convidada do Portal Terceira Idade
Fale com o colunistaFale com o colunista
Fale com o colunista
foto notícias

O adesivo deve ser aplicado sobre a pele uma vez ao dia, de preferência no mesmo horário e geralmente após o banho

mal de Alzheimer, que atinge em média 7% dos idosos, pode causar perda de funções cognitivas e, infelizmente, ainda não tem cura. No entanto, se diagnosticada no início, é possível retardar seu avanço ou ainda controlar os sintomas, melhorando a qualidade de vida do paciente.

Adesivo para a pele

A partir de agora, pacientes poderão obter pelo SUS um medicamento contra Alzheimer em forma de adesivo para a pele. A incorporação da rivastigmina adesivo transdérmico ao SUS foi publicada no Diário Oficial da União no dia 22/09.

A rivastigmina já estava disponível no sistema público em cápsula e solução oral. Outros medicamentos oferecidos pelo SUS para tratamento de Alzheimer são a donepezila e a galantamina.

Menos efeitos colaterais

Lançado no Brasil em 2008, o adesivo de rivastigmina libera gradativamente o princípio ativo ao longo do dia. Por levar o medicamento direto à corrente sanguínea, sem passar pelo sistema digestivo, o adesivo diminui efeitos colaterais como náuseas, vômitos e perda de apetite. O adesivo deve ser aplicado sobre a pele uma vez ao dia, de preferência no mesmo horário e geralmente após o banho.

Entenda o princípio ativo

A rivastigmina é usada no tratamento de distúrbios de memória e demência em pacientes com doença de Alzheimer (DA). Países como Inglaterra, Escócia e Austrália já recomendam o uso dos adesivos de rivastigmina, cujos resultados do estudo clínico realizado com mais de 1000 voluntários demonstraram que a apresentação transdérmica é tão eficaz quanto à apresentação oral, e que os adesivos podem apresentar redução de efeitos adversos gastrointestinais.


Fotos/ilustrações: divulgação
Mais sobre o assunto na internet
G1 > Bem Estar > Notícias > Mal de Alzheimer
Estudo lista 5 ‘regras de ouro’ para prevenir demência
Revisão de dados acadêmicos aponta que 76% do declínio cognitivo está relacionado ao estilo de vida e a outros fatores ambientais
G1 > Bem Estar > Notícias > Mal de Alzheimer
Teste usa 10 indicadores para detectar sinais de Alzheimer em 5 minutos
Questionário de múltipla escolha foi desenvolvido por médico americano e pode ser conduzido por pessoas sem especialização, mas não substitui diagnóstico formal
Mais sobre o assunto no Portal Terceira Idade
Notícias > Anteriores > Alzheimer - Pesquisa
Médico brasileiro faz cirurgia que reverte quadro de Mal de Alzheimer e promete resgatar a memória dos pacientes
Testado inicialmente no Canadá, o método já não é mais considerado experimental, tendo sido aplicado em pelo menos 42 pacientes, no Brasil e nos Estados Unidos, com melhoras significativas nos primeiros 15 dias após o procedimento
Notícias > Anteriores > Alzheimer - Canal de dúvidas
Alzheimer: o Portal Terceira Idade reabre seu canal de dúvidas dos internautas sobre a doença que acomete cada vez mais a população
A gerontóloga Eva Bettine procura amenizar a sobrecarga emocional, física e social que ocorre com os familiares de portadores da Doença de Alzheimer
Especial: Assista ao vídeo “O que é a doença de Alzheimer?” no final da matéria

Outras Notícias

Portal Terceira Idade® é uma realização da
Associação Cultural Cidadão Brasil
©Todos os direitos reservados
Desenvolvimento, Webdesign e Sistemas: Auika - Web & Graphic Design